domingo, 15 de março de 2009

Metodologia de estudo - Parte 1

Neste post eu pretendo dar algumas dicas e mostrar o meu método de aprendizado. Se eu consegui aprender romeno através deste método que eu mesmo desenvolvi, qualquer outra pessoa pode ser capaz. Aí vai o passo-a-passo, em três partes. Aqui é a primeira parte:

Etapa 1: Descobrir
A primeira coisa é descobrir a língua romena. Quando você ouve falar ou lê algo que apenas cita o romeno, você pode ficar curioso. Para descobrir algum idioma, basta dar uma olhada numa descrição dele em linhas gerais, ter uma visão geral do idioma, pra saber qual o povo que o fala, onde se fala, quantas pessoas o falam, características típicas, e ver algumas palavras simples, sem se preocupar em entender o que significam. Se você leu o meu post anterior, "Visão geral da língua romena", você ja passou por essa etapa. É a parte mais simples e rápida, serve simplesmente pra você não pagar mico quando perguntarem "Você sabe que língua falam na Romênia?". Tem gente que responde "Que língua falam onde?", ou simplesmente "Ah, eles falam russo, né". Depois que você souber responder essa pergunta, já passou a primeira etapa, com sucesso.

Etapa 2: Familiarizar-se
Ao primeiro contato com a língua romena, voce pode achar parecido com o português, já que algumas palavras em romeno são facilmente reconhecíveis. Mas você também pode achar esquisito, aquele monte de ditongos, tritongos, hiatos, encontros consonantais atípicos do português (tipo ZB) e se assustar com a quantidade de modos verbais e com o fato do romeno declinar os substantivos e adjetivos, que nem o latim. Mas eu garanto, não é assim tão difícil. A segunda etapa é se familiarizar com a língua. Isso significa literalmente, se acostumar com ela. Isso se consegue lendo textos e escutando pessoas falando romeno. Ainda não se preocupe em entender o que está lendo, ou ouvindo. Leia os textos apenas identificando aquelas palavras que acha parecido com português. Olhe com atenção para aquelas palavras que achar mais estranhas. É até legal, caso você seja curioso, olhar num dicionário de romeno na Internet pra saber o que elas significam. Entre em sites que transmitam programas de rádio online, escute estações de rádio de notícias da Romênia, preste bastante atenção no sotaque, tente identificar palavras que te parecem português. Não escute imaginando que seja uma língua alienígena (o que é muito provável na primeira vez que se escuta romeno), tente se sentir bem à vontade, finja que está entendendo tudo o que falam. Sem dúvida, você vai estar literalmente fazendo ginástica com o seu cérebro. Esta etapa demora um pouco, você tem que ler bastante e ouvir bastante, pra se acostumar e pra que não lhe pareça alienígena. Uma prática excelente também é escolher um estilo musical que você goste, pesquisar cantores romenos que tocam esse estilo, e baixar música deles. Sabe quando você escuta música em inglês e fica cantando (ou tentando) mesmo sem saber o que diz? É exatamente isso que tens que fazer, só que nesse caso, cante em romeno. Imite os sons da língua, é simples. Bom, a partir do momento que você se sentir totalmente à vontade, e quando ver um texto na Internet em romeno, puder identificar que aquilo é romeno, ou ouvir alguém falando romeno ou uma música, e puder dizer "Isso daí é romeno", você completou a segunda etapa. Em resumo, é o seguinte: leia, ouça, e imite, até se acostumar. Isso é se familiarizar.

Etapa 3: Adquirir o vocabulário básico
Nessa etapa, você começa a aprender o nome das coisas em romeno. Nomes de objetos, animais, cores, partes do corpo, órgãos, sentimentos, números, pronomes e adjetivos, etc. Essa etapa é bem legal. Como sempre, a Internet é seu melhor professor. Baixe um dicionário romeno-inglês, ou se encontrar (muito raro) um romeno-português. Faça você uma lista categorizada. O que é isso? É uma lista classificada em categorias específicas. Agrupe palavras em português por categorias como cores (azul, vermelho), animais (gato, rato), números (um, dois, três), órgãos (pulmão, coração, cérebro), móveis da casa (mesa, cadeira), etc. Então, procure essas palavras no dicionário em romeno e inclua na lista, no formato simples "palavra em português=palavra em romeno". Não encha tudo de uma vez, umas 10 ou 15 palavras por dia em cada categoria é suficiente. Estude-as e memorize. Essa parte é de decoreba mesmo. Tem um jeito bem fácil se você for bom em desenhar: desenhe o objeto e ao lado escreva o nome dele em romeno, não em português. Seu cérebro associa a imagem diretamente à palavra correspondente. É como as crianças aprendem a falar. Apontam um objeto, você diz o nome, e ela associa o objeto ao som da palavra que ela ouviu você dizer. Daí ela não esquece mais, é instantâneo. Ah, e não pode esquecer de continuar a ler e ouvir romeno! Mas dessa vez, anote palavras desconhecidas e junte na lista pra ver no dicionário. Faça isso até saber o vocabulário básico, pois precisará dele na próxima etapa, que eu explico na próxima postagem.

Clique aqui para ir para parte 2: Metodologia de estudo - Parte 2

2 comentários:

  1. Primeiramente, cumprimentos pela bela inciativa e qualidade do blog. Este é meu primeiro contato aqui e já pude observar que o conteúdo publicado é de grandíssima relevância.

    Estou começando minha tentativa em aprender romeno e logo de cara agradeço suas dicas relacionadas à metodologia de aprendizado. Nada melhor que a oportunidade de aproveitar a experiência de alguém que já percorreu o percurso à passar horas frustrantes em busca de um método próprio.

    Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Sem dúvida está de parabéns Fernando.

    ResponderExcluir